À Terra o que é da Terra


Potenciando a utilização eficiente dos recursos urbanos, onde se inclui o fecho do ciclo dos nutrientes, o desperdício alimentar e os resíduos orgânicos; apresentamos uma fórmula que pretende valorizar a participação do sector agrícola, um dos principais responsáveis pela emissão de GEE’s, na mitigação das Alterações Climáticas.

Fazer a compostagem de resíduos orgânicos, não só diminui a quantidade de resíduos para aterro, mas principalmente porque se transforma em adubo natural que melhora a estrutura do solo através da introdução de organismos benéficos que têm a capacidade de passar os nutrientes da parte mineral do solo para as plantas melhorando a sua resistência contra pragas e doenças. Resultando numa ação positiva para a qualidade dos vegetais.

Propomos a implementação de um sistema de recolha de resíduos orgânicos (Legumes, Frutas, Peixe, Borras de Café) a partir do Mercado de Agricultura Biológica, para que os mesmos possam ser transportados e transformados na área de exploração agrícola, Quinta do BELL – Pinhal Novo.