Permacultura e Alterações Climáticas

Atualmente, as Alterações Climáticas marcam fortemente a forma de ver a nossa realidade, determinando alterações de comportamentos, de pensar e de agir. Através do método da Permacultura iremos desenhar toda uma forma para diminuirmos o nosso impacto no planeta através de um novo relacionamento com o todo.

Quando?

Sábado e Domingo 30 e 31 de Março 2019. 9h30 às 17Hrs

Destinatários

Todos os que queiram aprender na prática os fundamentos da Permacultura de forma simples, integrada e introdutória: o design, os princípios, as éticas, a metodologia, as zonas, os factores climáticos, a melhoria do solo, os padrões e ligar todos estes conceitos como preparação para o envolvimento num design de longa duração para os seus sistemas (casa, quinta, bairro, vila, etc). Não é necessária experiência e conhecimentos prévios sendo uma formação indicada para iniciantes, curiosos e também mais experientes que queiram desenvolver e complementar a sua actual prática com um formador multi-facetado.

Como posso participar?

Solicita-se inscrição para o e-mail projecto270@gmail.com

Valor de troca

Não sócios: 50 minhocas (2 dias); 2 pessoas 90 minhocas (2 dias)

Sócios do Projecto270: 40 minhocas

Formador

Nuno Belchior | Técnico experiente em Permacultura, regereneração de solos, agricultura biológica, compostagem e vermicompostagem e sensibilização ambiental/social nestas temáticas

Em 2003 transforma a sua vida mudando-se para uma parcela agrícola nas Terras da Costa da Caparica, é nas areias dunares que germina o Projecto 270. Com a capacidade de resiliência, utiliza a recolha de resíduos orgânicos e a alimentação para criar interconexões entre a comunidade e o espaço agrícola impulsionando a soberania alimentar. A sua paixão e persistência transformam toda a parcela de areia num oásis agrícola assente em solo negro e fértil.

Sobre o seu caminho formativo: Curso de Fotografia pelo AR.CO, frequência Curso de História pela Universidade Autónoma de Lisboa, Curso de Agricultura Biológica pela AGROBIO, Curso de Formação de Monitores de Educação Ambiental pela ASPEA, Ecovillage Design Education EDE Gaia Education (Findhorn – Escócia), Curso anual de Macrobiótica pelo Instituto de Macrobiótica Português, Permacultura PDC Ecovila da Mata do Atlântico (Brasil), Gandhi and Globalisation, Bija Vidyapeeth Navdanya (Indía). o espaço agrícola impulsionando a soberania alimentar. A sua paixão e persistência transformam toda a parcela de areia num oásis agrícola assente em solo negro e fértil.