Construir uma paisagem

cropped-header1.jpgDesde a sua origem, a agricultura marcou um cunho na paisagem.

Tendo por objectivo principal alimentar as pessoas, estas foram sempre o seu princípio e o seu fim. Assim, ao longo dos tempos foram-se desenvolvendo sabedorias milenares na observação, na selecção, na experimentação, na criação e desenvolvimento de técnicas e usos, levando à construção de uma paisagem que reflecte esse imaginário emancipatório, capaz de reclamar a autodeterminação face à incerteza.

Esta construção histórica teve por resultado alimentar as pessoas numa biodiversidade ímpar, demonstrativa do querer viver bem, do ser livre.

Porque queremos continuar num caminho de liberdade, precisamos de todos.

Talvez também queiras fazer parte e reivindicar connosco esta paisagem real e este imaginário possível,  através de uma agricultura regenerativa e biodiversa plantamos vida através de árvores de fruto, para que a liberdade frutifique sempre no futuro.

No final de 2014 iniciamos a campanha “Construção de paisagem”, que nos permitiu preparar o terreno para plantar 250 árvores.

Em troca da árvore, cada pessoa e/ou família, beneficia

  • Aprendizagem sobre a espécie escolhida
  • Relação com o espaço agrícola
  • Caldeira para hortícolas e ervas aromáticas e medicinais
  • Retorno do investimento em peso de fruta

Próxima campanha começa dia 20 de setembro, Domingo de Lua Cheia, antecedendo o equinócio de Outono.

Imagens dos encontros para apadrinhamento de árvores